A #paposmaternos de hoje é sobre a escolha do CARRINHO. Se você está esperando bebê com certeza mais cedo ou mais tarde vai ter que pensar nisso. Vou falar sobre como escolhi o meu carrinho e como tem sido minha experiência com ele.

Meu modelo é o Britax B-Agile e os critérios que eu usei pra escolhe-lo foram:

Peso: Ele é relativamente leve, pesa 7,5kg. Pense que somado ao peso do carrinho, nos primeiros meses ainda tem o bebê conforto (o meu pesa 4,5kg) e o peso do bebê, haja braço.

Estética: queria um carrinho minimamente bonito, sorry. Meu sonho era aquele branco, bem ”2001 uma odisseia no espaço” mas tal carrinho é um dos modelos mais pesados e não entrava no elevador do edifício. Dito isso já posso alertar que questões práticas como medida do seu elevador e das portas da sua casa e do porta-malas do seu carro devem ser levadas em conta na hora da escolha. Outro ponto fundamental pra mim era que o carrinho tivesse um modelo que bebê conforto que encaixasse nele. (esse sistema chama Travel System) .

Segurança: Procurei por modelos de bebê conforto com alto nível de segurança e o Britax B-safe 35 é considerado um dos mais seguros. O Britax B-Agile também tem umas rodas bem potentes e sistema de amortecedor o que faz que seja de boa rodar com ele pelas calçadas esburacadissimas de Buenos aires. Eu no começo me atrapalhava um pouco com o sentido da roda frontal (ele tem 3 rodas), mas é que que sou muito ruim com qualquer coisa que tenha rodas. Todas as outras pessoas que “dirigiram” o carrinho não enfrentaram problemas. hahaha

Ele vem com um porta trecos e em baixo tem um compartimento grande pra guardar bolsas. Acho que fiz uma boa compra, Lolo usa o bebê conforto + carrinho desde a saída da maternidade e a maioria das sonecas ele faz no carrinho. Ou seja, usamos pra caramba. Gravei um vídeo complementar a esse post e tá lá no youtube pra quem quiser imagens da vida real!