Nós vivíamos em uma apartamento xuxuzinho de 57m2 em Villa Urquiza. O apê era do Ramiro e já estava ficando pequeno pra nós que pensávamos em aumentar a família. Começamos a buscar lá mesmo pelo bairro que gostávamos tanto mas os preços eram impraticáveis pra gente e nós gostamos mesmo é de apartamento antigo. O centro de Buenos Aires é cheio de apartamentos do começo do século passado e começamos a procurar pela zona. Passamos meses vendo anúncios no zonaprop, um site de venda e aluguel de propriedades até que me deparei com um anúncio com 3 fotos tremidas (não entendo quem não investe em foto quando vende imóvel, eu fiz boas fotos do nosso apê em Villa Urquiza e vendemos ele em UMA SEMANA). Eu meio que tenho um olho treinado pra encontrar coisas com potencial. Seja roupa, seja um apartamento. Vi a foto do banheiro e pensei "Hm, pode valer a pena". Agendei a primeira visita e me apaixonei logo de cara, vi muito potencial. Voltei com o Ramiro e esse dia virou vlog que você pode assistir no video abaixo: 

IMG_7976.JPG
IMG_7851.JPG

Ramiro não é do tipo que consegue imaginar a coisa já pronta. Mas eu sim, eu sabia que dava pra reformar e ficar maravilhoso. Mas sempre fica aquela dúvida de comprar algo e depois ter um pepino gigante nas mãos, porque os problemas vão aparecendo com o tempo, não quando você faz a visita.  Tínhamos que decidir rápido porque o preço era bom e esses apartamentos voam. Tá cheio de gente que compra e depois reforma. Decidimos comprar.  Não conseguimos dormir naquela noite. Ramiro me disse, vai amanha cedo e dá a entrada. Vai na hora que abrir. 

Cheguei na imobiliária uma hora antes de abrir, fui pra um café que fica na esquina esperar dar o horário. Quando o horário de abertura chegou (10am) me dirigi a imobiliária pra começar o tramite. Falei com a Marta, que foi minha corretora e avisei, ficamos com ele. Ela me disse pra sentar que ia me passar pra outra sala. Cinco minutos depois entrou um cara e disse "Vim dar entrada do aparamento X". Ela respondeu que já havia sido vendido. Ele não entendeu, disse que "ontem mesmo fui visitá-lo" e aí Marta apontou pra mim. VOCÊS tem noção? Se eu tivesse demorado cinco minutos a mais no café, se a minha medialuna tivesse demorado pra chegar, se o sinal estivesse fechado na hora de atravessar a rua, se alguém me parasse pedindo as horas, esse apê não seria nosso. Mas é. E aí começou a loucura da compra.

A história é a seguinte, a velhinha que era dona morreu. Durante 5 anos o apê ficou fechado porque eram 10 herdeiros. Metade vivia em Buenos a outra metade na Espanha. Uns achavam que tinha que vender, outros não. Outros eram brigados entre si e não queriam assinar nenhum papel. Aquela loucura de família grande. Tivemos que esperar meses até que eles se resolvessem entre si. Mas no final deu tudo certo e no dia 31 de março assinamos a escritura. Dias depois vim fazer um tour completinho já sem nenhum móvel da ex dona dentro.   

A reforma começou no dia 17 de abril. Nós entrevistamos 2 arquitetos e priorizamos a indicação de amigos na hora da contratação. As arquitetas cuidaram de toda a parte estrutural mas eu e Ramiro que escolhemos tudo de tudo que entrou aqui dentro. Basicamente eu e o Pinterest construimos essa casa e eu vou mostrar tudo pra vocês nos próximos posts! 

Vocês vao acompanhar, né? 

Comment